Home / Destaque / Motores agrícolas têm tecnologias em favor da sustentabilidade e redução de emissões

Motores agrícolas têm tecnologias em favor da sustentabilidade e redução de emissões

Motores eletrônicos da Valtra permitem maior economia e uso de combustíveis alternativos
Os tratores Valtra conseguem proporcionar operações mais eficientes, com alta produtividade e consumo reduzido de insumos. Conhecida pela robustez de seus produtos e desenvolvimento de tecnologias agrícolas, a marca utiliza os motores de 3, 4 e 6 cilindros da AGCO Power, divisão da AGCO responsável pela tecnologia dessas peças. No país, os componentes são fabricados em Mogi das Cruzes (SP), a primeira fábrica de motores agrícolas a se instalar em território nacional.

 

A longa tradição da empresa em relação à sustentabilidade, faz com que seus motores estejam adequados aos mais rigorosos critérios de emissões de gases. Presentes nos tratores desde 2017, o motor eletrônico AGCO Power, homologado de fábrica pela lei de controle de emissões (MAR 1), foi desenvolvido para operações agrícolas e trabalha em baixas rotações, garantindo 25% na redução de combustível, enquanto a transmissão continuamente variável (CVT), incorpora materiais mais leves e de alta resistência, com aumento no rendimento em até 30%. Além disso, os motores estão adequados para o uso de combustíveis alternativos como o Biodiesel e o Diesel Verde HVO (Hydrotreated Vegetable Oil – Óleo Vegetal Hidrotratado), que tem se apresentado como uma das alternativas mais promissoras para contribuir com uma possível transição energética.

Esses motores eletrônicos possuem um computador de bordo responsável pelo seu funcionamento, monitoramento, gerenciamento, diagnóstico e otimização através de um módulo chamado de ECU. Dessa forma, é possível avaliar quanto tempo cada motor ficou em marcha lenta, quais as temperaturas de trabalho, quanto de consumo foi necessário para cada operação, dentre outras informações. Com esses dados, é gerado um diagnóstico pelo concessionário autorizado, que durante serviço de assistência técnica pode informar a curva de performance do motor da máquina. Esse gerenciamento proporciona melhor aproveitamento da combustão e promove maior disponibilidade de eficiência energética, o que resulta em ganhos de produtividade para o agricultor.

Além disso, é possível adotar reagentes de pós-tratamento de gases (Arla 32), reduzindo assim a emissão de gases nocivos ao meio ambiente. O uso correto desses produtos, em conjunto com o manejo operacional mais eficiente, amplia a vida útil dos motores e diminui as despesas com revisões e manutenções. “Para os próximos anos, o objetivo é termos tratores cada vez mais econômicos e que façam os manejos agrícolas com mais agilidade. Essa união entre rentabilidade e baixo consumo traz mais economia, por isso mantemos o investimento em motores que otimizem o consumo de combustível ao mesmo tempo em que geram menos emissões, sempre com foco em contribuir com os agricultores”, diz Alexandre Vinícius de Assis, diretor de vendas da Valtra.

Reman: Opção para os motores mecânicos, serviço moderniza até mesmo os tratores mais antigos
A AGCO conta com uma divisão específica para peças remanufaturadas, um trabalho que vai além do conceito de retífica ou recondicionamento. A AGCO Power Reman oferece alternativas de reposição de itens para modelos da marca, de forma rápida, de baixo custo e sustentável. Os motores Reman saem de fábrica com as mesmas garantias de uma peça nova, mas com um custo 30% menor.
Motores Remanufaturados contam com uma redução média de 85% de recursos em processos, uso de matéria prima, energia e até água com a reutilização de itens de reaproveitamento de componentes já calculados, o que promove um ciclo de longa vida para o produto. Isso é possível pelo fato de o trabalho ser feito em todos os componentes do dispositivo, que é desmontado, limpo e remontado.

 

Durante o processo são feitas substituições e atualizações, o que moderniza até mesmo as máquinas mais antigas. Para usar o serviço, basta que o produtor rural vá até a concessionária Valtra mais próxima, que ficará responsável por realizar o procedimento. A troca ocorre em apenas alguns dias e, por enquanto, está disponível apenas para modelos a diesel dos motores mecânicos AGCO Power.

 

“Na Europa, a remanufatura é uma prática consolidada e a AGCO realiza esse tipo de manutenção há 25 anos, atendendo máquinas da década de 1970 até os modelos atuais. Mais recentemente, esse serviço chegou ao Brasil e temos previsão de crescimento para a América do Sul, Ásia, Pacífico e África”, afirma Breno Cavalcanti, gerente de negócios AGCO Power e Reman AGCO.

Check Also

Transplantadeira de mudas PH1 da YANMAR garante mais agilidade e qualidade no plantio de hortaliças

Projetada para atender as necessidades dos agricultores familiares, máquina possui dispositivos para manter a profundidade …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.