Home / Destaque / PNEUS E ENCOSTAS – QUAL É A SOLUÇÃO?

PNEUS E ENCOSTAS – QUAL É A SOLUÇÃO?

Trabalhar em encostas é um verdadeiro desafio de segurança.

 Grau de inclinação, condições de funcionamento, ritmo e finalidade são fatores que afetam a escolha do equipamento e dos pneus.

A BKT oferece aconselhamento especializado para a escolha do pneu e da pressão certos.

 

Conduzir uma máquina agrícola de 3 toneladas no campo é uma coisa. Fazer o mesmo em encostas é bastante diferente. E não se trata apenas de dificuldades operacionais e esforço mecânico. Trata-se principalmente da segurança do condutor. O risco de capotamentos ou acidentes em certas situações é muito elevado. Por conseguinte, tanto os fabricantes de tratores como os fabricantes de pneus modernizam e melhoram todos os anos as suas gamas de produtos com o objetivo de aumentar a segurança e o desempenho.

 

Ao longo dos anos, a BKT tem realizado muitos estudos de caso e recolhido feedback e dados, através do diálogo constante com os seus utilizadores. Com base na sua experiência neste âmbito, a equipa de peritos da BKT consegue sugerir o produto que melhor se adequa ao tipo de operações necessárias. Quando se trata de segurança, este tipo de conselhos torna-se ainda mais importante.

 

O que tem de considerar ao escolher o melhor pneu para operações em encostas?

Os fatores são pressão, piso, largura, estrutura, pegada, composto e tamanho. Todos estes detalhes devem ser alinhados com outros parâmetros, dependendo do tipo de equipamento em que os pneus serão montados, do tipo de operações, horas e condições de funcionamento, inclinação do terreno, e assim por diante. Em poucas palavras: uma escolha para especialistas.

 

Pressão dos pneus.

Se trabalhar em encostas, este é o parâmetro mais importante. Um risco comum de pressão inadequada consiste na possibilidade de as forças laterais fazerem o pneu escorregar da jante. Quando uma encosta excede os 11 graus, os pneus sofrem uma forte tensão mecânica na parede lateral e no talão, resultando em danos e potencial quebra do talão.

Ou ainda pior: se utilizar, por exemplo, pneus radiais em encostas com os valores de pressão recomendados para uso agrícola normal, estes pneus podem não suportar o peso adicional devido ao aumento das forças de gravidade lateral. Isto poderá resultar em potenciais e perigosos capotamentos do equipamento.

AGRIMAX

A pressão mínima recomendada para condições normais é de 0,6 bar (9 psi), mas quando se trabalha em encostas com uma inclinação até 20%, a pressão pode ser aumentada até +25% sem exceder o valor máximo da pressão nominal de enchimento do pneu. A pressão deve ser aumentada conforme a encosta específica. Recomenda-se, portanto, a realização de uma análise cuidadosa da distribuição da carga.

 

Em termos técnicos, durante as operações de subida ou descida de encostas, há várias vantagens derivadas do aumento da pressão, tais como uma melhor aderência do talão (proporcionando uma maior estabilidade do talão na superfície de contacto com a jante); flexão reduzida da parede lateral; e uma pegada ótima no solo que facilitará o rolamento correto do pneu, otimizando a tração.

 

Piso e tamanho do pneu.

Estes elementos também afetam a segurança e o desempenho dos pneus em encostas. Os pneus radiais são geralmente os produtos mais comuns utilizados em aplicações em colinas, tanto para tratores como para ceifeiras-debulhadoras. Na realidade, têm uma pegada mais plana e maior no solo em comparação com os pneus convencionais, proporcionando assim melhor tração e estabilidade lateral.

O padrão correto do piso melhora o desempenho do equipamento em relva viscosa ou escorregadia e permite rolar sem danificar o solo.

Não esqueçamos que menos deslizamento significa melhor eficiência, resultando em mais economia de combustível e menos desgaste dos pneus. No que diz respeito ao tamanho do pneu, os pneus com um diâmetro menor e uma largura maior são preferíveis, uma vez que garantem uma melhor estabilidade.

 

Eis os produtos que a BKT oferece para aplicações em encostas:

TRAC SUPER: este pneu radial é particularmente adequado para aplicações em grandes superfícies, tais como prados, parques e grandes transferências rodoviárias. Proporciona uma estabilidade extraordinária em terrenos com encostas.

A sua estrutura com lonas de cima em aço assegura uma condução suave em combinação com um desempenho e estabilidade da tração de topo. Estas características tornam-no particularmente adequado para equipamentos que operam em colinas. Para alcançar uma capacidade de carga ótima nestas condições, o equipamento necessita de um pneu largo com um design do piso que proporcione tanto tração como estabilidade em todas as situações.

 

AGRIMAX RT 765: este pneu da série BKT 70 assegura tração e conforto ótimos em todas as superfícies em qualquer altura, graças à sua grande zona de contacto. É adequado para máquinas agrícolas que operam em encostas ligeiras e médias em aplicações pesadas, tais como a lavoura, a condução em campos e estradas e a pulverização de vinhas e a vindima, assegurando ainda uma compactação reduzida do solo. Com excelentes propriedades de autolimpeza, o AGRIMAX RT 765 está disponível em numerosos tamanhos, alguns dos quais apresentam lonas de cima em aço para uma resistência ainda maior. Alguns tamanhos deste produto são também ideais para tratores isodiamétricos.

 

Check Also

TVH inaugura mais uma filial em Contagem – MG.

Empresa atacadista que atua no fornecimento de peças de reposição multimarcas para equipamentos industriais, agrícolas …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.