Home / Destaque / Agritech conclui entregas de máquinas agrícolas à Gana, pelo Mais Alimentos Internacional

Agritech conclui entregas de máquinas agrícolas à Gana, pelo Mais Alimentos Internacional

 

Ação integra o balanço divulgado pela ABIMAQ, quanto ao crescimento das exportações brasileiras em 2021

Mesmo com a pandemia da Covid-19 e os problemas como geada e crise hídrica, o agronegócio segue com bons índices, se comparado com a média da economia. Neste cenário, os resultados positivos foram impulsionados também pelas exportações de equipamentos agrícolas, ao longo desse ano. A Agritech, pioneira na indústria brasileira ao fabricar linhas de tratores, microtratores e implementos agrícolas voltadas para a agricultura familiar, faz parte dos números, fortalecendo o volume de exportações durante o ano de 2021.

Neste mês de novembro, a empresa exportou mais 68 unidades de motocultivadores TC14 para Gana, concluindo, desta forma, o total de 200 unidades exportadas ao país africano por meio do Programa Mais Alimentos Internacional (PMAI).

De acordo com informações do coordenador de Vendas/Marketing da Agritech, Cesar Roberto Guimarães de Oliveira, os motocultivadores exportados foram destinados aos agricultores familiares do país, para o preparo do cultivo de arroz. “A entrega das unidades faz parte do plano do governo africano de mecanização e melhorias de produção. A boa aceitação das nossas máquinas foi apontada pelos produtores desde as primeiras entregas, realizadas em 2019”, explica Oliveira.

A Agritech é uma das empresas que fazem parte do balanço divulgado, recentemente, pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ). Os últimos dados do setor, segundo o levantamento da associação, apontam um crescimento de 16,7% nas exportações.

Ainda de acordo com a ABIMAQ, o setor, que vinha em crescimento nos últimos meses, reforçou essa recuperação em agosto, com desempenho acima das expectativas, puxado pelas exportações, que registraram um aumento de 17,4% em agosto, na comparação com julho. No acumulado dos oito meses do ano, o crescimento é de 32,6%.

Embora os fabricantes de máquinas e equipamentos apontem que ainda há desafios a serem superados, como a escassez de peças e componentes no mundo todo, e que isso deve durar ainda cerca de nove meses, as vendas devem seguir crescendo porque os produtores estão atentos e querem aumentar a produtividade. Para isso, seguem investindo em tecnologia e novos equipamentos.

“Neste ano tão importante para a empresa, quando completamos 20 anos, os ótimos resultados da Agritech, no mercado interno e externo, reforçam as celebrações e ampliar as boas perspectivas para o futuro. Temos uma expectativa muito positiva para esse 2021, que podem refletir em resultados ainda melhores no ano que vem”, finaliza Oliveira.

 

Check Also

CNH Industrial apresenta inovação na prática em um mundo digital

Em uma realidade cada dia mais digital, agilidade e inovação são fundamentais para as empresas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.