Home / Noticias / AgtechValley e seu potencial de inovação no campo

AgtechValley e seu potencial de inovação no campo

 

Lançado no dia 5 de maio de 2016, o Projeto AgtechValley, ou Vale do Silício Brasileiro, completou dois anos e tem como objetivo de reconhecer, fortalecer e criar uma identificação da sociedade com o ecossistema tecnológico brasileiro que se desenvolveu em torno da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, hoje considerada uma das cinco melhores escolas de agronomia do mundo.

Além da ESALQ, estão sediadas também o Parque Tecnológico de Piracicaba, referência para o setor de tecnologia na agricultura, o Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), e o Centro de Pesquisa em Energia Nuclear para Agricultura (CENA) além de diversas empresas, muitas de porte internacional, voltadas ao agronegócio.

Dentre as organizações localizadas no Agtech Valley e que acreditam no potencial da região estão a Gênica e a SP Ventures. A Gênica Inovação Biotecnológica é uma startup de biotecnologia que desenvolve soluções sustentáveis. A empresa nasceu com a proposta de ser uma oficina de inovação biotecnológica que propõe soluções que vão impactar positivamente diversas gerações e questionam os rumos do agronegócio nos últimos anos.

Já a SP Ventures é a principal gestora de fundos de investimento de Venture Capital focada em tecnologias para o agronegócio do Brasil. Tendo sido listada como um dos sete investidores mais ativos em agtech por renomadas organizações internacionais de pesquisa, como CBInsights e Agfunder, a SP Ventures conta com doze empresas posicionadas neste segmento apenas no Fundo de Inovação Paulista.

 

Check Also

Plataforma inteligente para manejo sustentável de pragas terá pré-lançamento em encontro de bioenergia

Durante a 15ª edição do Congresso UDOP, maior evento do setor, que acontecerá nos dias …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.