Home / Destaque / Bayer incentiva convivência saudável entre apicultura e florestas

Bayer incentiva convivência saudável entre apicultura e florestas

Dia 20 de maio foi instituído como Dia Mundial das Abelhas, de acordo com a Organização das Nações Unidas, com o intuito de lembrar a importância da polinização para o desenvolvimento sustentável e a função fundamental da abelha ser provedor de alimentos por meio da apicultura. O que muitos não sabem é a relevância que há na convivência saudável entre abelhas e florestas, como o eucalipto, por exemplo.

 

As árvores plantadas são fonte de centenas de produtos e subprodutos presentes em nosso cotidiano, a exemplo do papel, painéis de madeira, pisos laminados, carvão vegetal, celulose e biomassa. Esta cadeia produtiva é de grande importância para a economia brasileira, devido ao impacto significativo que exerce sobre outras cadeias e indústrias, haja vista suas fábricas modernizadas, florestas altamente produtivas e a um trabalho que respeita os critérios de sustentabilidade.

 

Podemos mencionar a produção de mel como fonte de alimento proveniente desta relação entre florestas e polinizadores.  A apicultura brasileira é caracterizada como uma atividade produtiva de alta competitividade internacional e o Brasil é o 9º país que mais exporta mel, segundo dados de 2016 da Associação Brasileira dos Exportadores de Mel (ABEMEL). Os serviços prestados pelas abelhas sustentam o equivalente a US$ 1 trilhão de vendas agrícolas, segundo artigo de Tony Juniper, docente do Business and Sustainability Programme da Universidade de Cambridge.

 

De acordo com o último levantamento do Instituto Brasileiro de Árvores (Ibá), com uma área de 7,84 milhões de hectares de reflorestamento, o setor brasileiro de árvores plantadas é responsável por mais de 90% de toda a madeira produzida para fins industriais e 6,2% do PIB Industrial no País e, também, é um dos segmentos com maior potencial de contribuição para a construção de uma economia verde.

 

“Tanto as florestas nativas quanto as plantadas desempenham papel fundamental para fomentar o equilíbrio ambiental e do ecossistema, como controle de erosão, qualidade do solo, regulação dos ciclos hidrológicos, conservação da biodiversidade, provisão de oxigênio e também a segurança alimentar”, explica Fabrício Sebok, coordenador de Desenvolvimento de Produtos Florestais da Bayer para América Latina.

 

Mudanças climáticas, crescimento populacional e o crescimento da demanda por energia, água e florestas são fatores relacionados diretamento ao desafio da segurança alimentar. De acordo com o Ibá, a Estratégia Global para a Segurança Alimentar, da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), inclui o manejo florestal sustentável e os serviços florestais como recomendações para assegurar a produção agrícola.

“Comprometida em contribuir com essa questão, a Bayer, por meio do programa global Bee Care, investe em pesquisa e desenvolvimento para ajudar agricultores a obter o mais alto nível de rendimentos em suas lavouras alinhado com as demandas de qualidade, segurança e sustentabilidade apícola”, explica Claudia Quaglierini, gerente de Políticas Agrícolas e Relacionamento com Stakeholders da Bayer.

 

A Bayer, por meio de suas soluções, permite que as florestas cresçam saudáveis e assim fomentem a população de polinizadores. Como exemplo prático desta sinergia, as colmeias de abelhas são colocadas em meio aos eucaliptos durante a floração e retiradas no momento da colheita da árvore ou de aplicação de produtos. Este cuidado, para os silvicultores, reforça maior produtividade da floresta; para os apicultores, garante a sustentabilidade das abelhas, havendo maior disponibilidade de recursos para as colmeias, o que potencializa a produção de mel e a polinização de outras culturas, principalmente agrícolas.

Check Also

Fórum Econômico Mundial elege empresa brasileira como pioneira da indústria 4.0 no mundo

Agrosmart foi selecionada como uma das empresas mais promissoras em impactar a sociedade e transformar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *