Home / Destaque / Climate expande suas pesquisas de agricultura digital em âmbito global

Climate expande suas pesquisas de agricultura digital em âmbito global

Soluções para prescrições de fertilidade de solo e seleção de sementes estão em fase avançada de estudos

A Climate Corporation, negócio de agricultura digital da Monsanto, anuncia nesta semana, 17 avanços tecnológicos que vão acelerar o pipeline global de pesquisa e inovação da empresa em 2018. Esses 17 projetos evoluíram de um total de mais de 35 que estão sendo conduzidos pela Climate; eles trazem avanços na área de diagnósticos de pragas e doenças, prescrições de fertilidade de solo e seleção de sementes.

“Nosso pipeline de inovação abrange muitas áreas de pesquisa e combina machine learning, análise de dados e modelagem preditiva e pesquisas agrícolas em escala, para identificar as muitas variáveis que afetam a produtividade das culturas”, explica Sam Eathington, diretor de ciências da Climate.

Segundo Eathington a empresa está usando ciência de ponta para criar ferramentas digitais que melhorem a produtividade nas propriedades rurais e gerem valor aos agricultores. “Com os recentes lançamentos da nossa plataforma Climate FieldView™, líder do setor, no Brasil, Canadá e Europa, estamos ampliando nossos esforços de pesquisas e acelerando a velocidade da inovação para fornecer aos agricultores informações ricas em dados para ajudá-los a otimizar os insumos e maximizar o rendimento”.

Em janeiro de 2017, a Climate apresentou seu pipeline de inovação, trazendo mais de 35 projetos. O pipeline da Climate é o primeiro de seu tipo na indústria de agricultura digital. Em agosto de 2017, a empresa avançou sete projetos para novas fases do pipeline. Hoje, a Climate está divulgando a aceleração de outros 10 avanços de pesquisa e inovação, que combinam dados de campo exclusivos com ciência e análise de ponta, para fornecer suporte aos agricultores e auxiliá-los nas tomadas de decisões gerenciais.

Conheça as pesquisas que estão sendo avançadas pela Climate:

Prescrições e seleção de sementes

A pesquisa de sementes e plantas da Climate tem o objetivo de ajudar os agricultores a entender como empregar determinada genética em semente na melhor área para que se obtenha o máximo desempenho e melhore a produtividade da lavoura de forma sustentável. A empresa usa métodos de modelagem preditiva e machine learning para agrupar dados de diversas fontes, como genética de sementes, pressão de doenças, composição do solo, movimento da água, desempenho histórico para que o agricultor possa selecionar as sementes ideais aos seus campos. Na América do Sul, a pesquisa em prescrições de sementes está avançando da fase de conceito para a de desenvolvimento.

Prescrições deFertilidade

Por meio do método de modelagem avançada, a Climate consegue abarcar a complexidade dos ciclos de fertilidade do solo, identificando e capturando processos que afetam os níveis de nitrogênio no campo; a ideia é auxiliar os agricultores a otimizar o uso de insumos em suas áreas. Nos Estados Unidos, os produtores já têm à disposição a prescrição de fertilidade para nitrogênio, fósforo, potássio e cal como o e a empresa continua investindo em esforços de pesquisa em todo o mundo para oferecer prescrições de fertilidade para outras culturas, incluindo a soja, o trigo e a canola. Na América do Sul, a pesquisa em prescrições de sementes está avançando da fase de conceito para a de desenvolvimento.

Diagnóstico de pragas e doenças

Cerca de 40% da produção agrícola mundial é perdida por doenças, pragas e plantas daninhas. Porém, profundos conhecimentos sobre essas doenças podem ajudar os produtores a protegerem seus cultivos. Por meio de pesquisas de identificação de doenças, a Climate tem empregado inteligência artificial para diagnosticar doenças em culturas milho, soja e trigo. O método de machine learning tem tido excelente desempenho para categorizar estresses sofridos pelas plantas e em realizar o diagnóstico correto de doenças em smartphone ou tablet. Nos Estados Unidos, as soluções de diagnóstico de doenças do milho já estão avançando da fase de desenvolvimento para pré-comercial.

À medida que a Climate Corporation continua expandindo suas tecnologias digitais para ajudar mais agricultores a terem acesso a informações agronômicas avançadas, ela acrescenta novas camadas de dados para alimentar seu mecanismo de pesquisa e inovação, permitindo o desenvolvimento de novos recursos aos agricultores.

Lançada em 2015, nos Estados Unidos, a plataforma Climate FieldView está em mais de 48.5 milhões de hectares com mais de 100 mil usuários nos Estados Unidos, Brasil e Canadá. Em outubro de 2017, a empresa anunciou o lançamento da plataforma Climate FieldView no oeste do Canadá e, logo depois, seu lançamento pré-comercial em regiões da Europa, incluindo a Alemanha, França e Ucrânia. Tornou-se a plataforma mais amplamente conectada da indústria e continua a se expandir para novas regiões em todo o mundo, com planos de expansão para a Austrália, Argentina e África do Sul nos próximos anos.

Sobre a The Climate Corporation

A The Climate Corporation, uma subsidiária da Monsanto Company, tem como objetivo ajudar os agricultores a aumentar sua produtividade de forma sustentável através do uso de ferramentas digitais. A plataforma integrada de agricultura digital Climate FieldView™ fornece aos agricultores um conjunto abrangente de ferramentas digitais, reunindo a coleta de dados de campo, a modelagem agronômica avançada e o monitoramento do clima em soluções simples de software móvel e web. A plataforma Climate FieldViewTM dá aos agricultores uma compreensão mais profunda de seus campos para que possam tomar decisões operacionais mais embasadas para otimizar rendimentos, maximizar a eficiência e reduzir riscos. Para mais informações, visite: www.climatefieldview.com.br.

Sobre a Monsanto

Uma empresa agrícola que desenvolve soluções integradas e seguras para pequenos, médios e grandes produtores colaborando para o avanço responsável da agricultura e da produção de alimentos. Produz uma grande variedade de sementes que vão desde frutas e legumes até as principais culturas – como milho, soja e algodão – que ajudam os agricultores a produzir alimentos nutritivos, seguros e a preços acessíveis para atender à população mundial crescente. Trabalha para encontrar soluções agrícolas sustentáveis que auxiliam os agricultores a conservar os recursos naturais, a usar dados para melhorar as práticas agrícolas, usar a água e outros recursos importantes de forma mais eficiente e proteger suas colheitas de pragas e doenças. Por meio de programas e parcerias com agricultores, pesquisadores, organizações sem fins lucrativos, universidades e outros públicos colaboram para ajudar a resolver alguns dos maiores desafios do mundo.

Check Also

Fórum Econômico Mundial elege empresa brasileira como pioneira da indústria 4.0 no mundo

Agrosmart foi selecionada como uma das empresas mais promissoras em impactar a sociedade e transformar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *