Home / Destaque / Portfólio da Jacto atende limites de emissões de gases poluentes

Portfólio da Jacto atende limites de emissões de gases poluentes

Portfólio da Jacto atende limites de emissões de gases poluentes com soluções que focam otimização de recursos e desempenho

Pulverizadores e colhedoras automotrizes da Jacto já estão adequadas à fase do PROCONVE MAR-1 que, a partir de 1º de janeiro de 2017, estabelece limites de emissões de gases poluentes de motores de máquinas agrícolas com potência igual ou superior a 75 kW (101 cv) até 560 kW (761 cv).   Foco também é o desenvolvimento de tecnologias que possam otimizar e reduzir custos de produção, proporcionando uma rentabilidade maior ao produtor.

 

JAN/FEV 2017 – O portfólio de pulverizadores automotrizes e colhedoras Jacto já está em conformidade com a fase do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (PROCONVE) MAR-1, que estabelece limites de emissões de gases poluentes para máquinas agrícolas e rodoviárias, de acordo com a Resolução CONAMA 433/2011.

A norma estabelece que, a partir de 1º de janeiro de 2017, todos os motores a diesel destinados às máquinas agrícolas novas, nacionais ou importadas, com potência igual ou superior a 75 kW (101 cv) até 560 kW (761 cv), devem estar adequados aos limites de emissão de gases poluentes. É uma legislação similar à norte-americana Tier 3 ou à europeia Stage IIIA.

 

A nova legislação MAR-1 define limites de emissões dos poluentes monóxido de carbono (CO), hidrocarbonetos (HC), óxidos de nitrogênio (NOx) e material particulado (MP). Se comparada com motores não certificados ou não regulamentados, a redução da poluição de material particulado da fase MAR-1 pode chegar a 85% e a de NOx até 75%. Para serem atendidos, os novos limites de emissões da fase MAR-1 exigem, além de modificações nos motores, a utilização de diesel com teor de enxofre reduzido.

Os motores desenvolvidos para atender a regulamentação MAR-1, dependendo da potência, podem ser governados eletronicamente ou não. Dessa forma a Jacto, em parceria com os fornecedores, analisou para cada modelo de máquina, o melhor motor a ser utilizado, visando um conjunto de soluções que pudessem permitir a redução de poluentes e otimizar o desempenho.  A preparação da Jacto para os motores eletrônicos começou em 2012, com o lançamento do pulverizador automotriz UNIPORT 3030.

No caso da Jacto, a integração do motor diesel eletrônico com a transmissão possibilitou um melhor desempenho, com menos emissões de poluentes. Esse recurso está disponível nos modelos de pulverizadores Uniport 2530, 3030 e 4530. Esse fato, aliado a questões como peso e curvas adequadas de potência, torque e consumo específico, possibilitaram a redução no consumo de combustível em até 35%, quando comparado com as principais máquinas do mercado.

“Além dos benefícios da redução de poluentes e consumo de combustível, os novos motores abrem oportunidades para máquinas cada vez mais inteligentes e conectadas, monitoramento das operações e diagnósticos de falhas on-line, diminuição de ruído, facilidades na operação, melhorias no desempenho, maior confiabilidade e durabilidade”, explica Paulo Henrique Guirao, Gerente de Produtos da linha de Pulverizadores Automotrizes e Adubadoras da Jacto.

O modelo Uniport 4530, adequado à fase do PROCONVE MAR-1, possui motor diesel com 243 cv, reservatório de 4500 litros e barras de pulverização de 36 metros. É a primeira máquina desse porte no Brasil. Apresenta excelente rendimento operacional, pulverizando até 80 hectares por hora, com aumento do rendimento operacional em até 30% e redução do amassamento em até 17%, quando comparado com máquinas de reservatório de 3.000 litros e barras de 32 metros.

 

Outro modelo é o Uniport 2530, também adequado à fase do PROCONVE MAR-1. Foi formatado para trabalho nas mais diversas condições de terreno, pulverizando em rampas de até 30%. É uma máquina leve, com potência de 198 cv e baixo consumo de combustível. Possui reservatório de 2500 litros e 30 metros de barra. O vão livre fixo é de 1,60 metros e chassis possui alta flexibilidade e resistência para as mais diversas condições de terreno.

 

Agricultura de precisão – Os pulverizadores automotrizes Uniport apresentam tecnologias embarcadas da linha Otmis, como, por exemplo, Controlador Automático de Seções, Controlador Automático Bico a Bico, Piloto Automático Hidráulico e Correção de Sinal RTX. Também pode ser equipado com Correção de Sinal RTK, Sensor de Umidade e Temperatura e Otmis Maps Telemetria.

Uma outra novidade da linha Otmis é o serviço Otmisnet Mobile. É um aplicativo que pode ser usado pelos clientes Jacto para acompanhar em tempo real o trabalho dos pulverizadores automotrizes Uniport 2530, 3030 e 4530, trazendo informações, alertas e indicadores que podem contribuir com a melhoria da gestão operacional.

 

“Entre os principais benefícios na utilização do Sistema Otmisnet podemos destacar a redução do consumo de agroquímico e do custo de produção, redução no tempo de retorno do investimento, melhoria da qualidade de aplicação do agroquímico, redução do impacto ambiental e aumento na rentabilidade final do cliente Jacto. São fatores de grande impacto e que trazem resultados bastante significativos para o agricultor a cada ciclo”, comenta Cristiano Pontelli, Gerente de Negócios Otmis.

Check Also

John Deere figura pela sétima vez entre as Melhores Empresas para Trabalhar no Rio Grande do Sul

Companhia conquista a segunda colocação na categoria “Grandes empresas” Muito além de benefícios, cada vez …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *