Home / Opinião / Francesco Pallaro

Francesco Pallaro

O BRASIL E AS FRASES QUE TRADUZEM A MENSAGEM.

O Agrishow tem 23 anos, eu tenho 20 anos no Brasil. Participei e presenciei de todas as 20 edições desde 1996.

Nessa última edição de 2016, havia algo parecido com a edição de 2006 e de 1996: a atmosfera. Uma atmosfera um pouco carregada devido à menor afluência de público. O número de visitantes é naturalmente importante, mas não é representativo. Apesar disso, continua alto o entusiasmo dos expositores, sejam eles as grandes multinacionais ou fabricantes de implementos e máquinas nacionais, sejam os importadores ou fornecedores e até mesmo as entidades bancarias que financiam o agronegócio. Todos orgulhosos em apresentar seu último lançamento, sua nova inovação tecnológica ou seu novo investimento ou plano de financiamento.

O balanço prévio indica resultados positivos com a realização dos negócios. E o por que de tudo isso?

O agronegócio, hoje no Brasil, responde por um de cada três reais gerados no país. Em outras palavras, 33% do PIB, 40% das exportações totais e 30% dos empregos brasileiros. Tudo isso veio muito rapidamente. No ano 2000, a produção de grãos no país era de 100 milhões de toneladas, na safra 2015/16 superou os 210 milhões de toneladas. Essa expansão e crescimento não aconteceu somente com os grãos. O Brasil, passou a liderar nas exportações de carnes, aves, café, celulose, açúcar, além do soja.

Os brasileiros gostam de frases feitas, frases de impacto, ou seja, frases que traduzem a mensagem, como:  Brasil …maior do mundo,  Brasil… de primeiro mundo. Dependendo do contexto ou do que se está falando, nem sempre é a realidade. No caso do agronegócio, as coisas são diferentes. Frases como: Brasil….celeiro do mundo,  Brasil….alimentar o mundo, são reais, verídicas, suportadas por números e  reconhecidas por todos… no mundo.

Com esse cenário, todos os que trabalham nesse setor, não podem, e nem devem esconder o entusiasmo.

 

FRANCESCO PALLARO

Presidente Italocam

Ex VP CNHInd   Latam

Check Also

Pulverizadores piratas invadem o mercado e prejudicam produtores

Por Paulo Henrique Bueno,  gerente de produto da linha de pulverizadores tratorizados, Máquinas Agrícolas Jacto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *